Siga-me no Twitter!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Um dos melhores quadrinhos brasileiros de todos os tempos.






Quem entendeu, legal, quem não entendeu, clica aqui.
Eu vi isso em algum blog, numa tarde em São Paulo, mas infelizmente não poderei dar os créditos pois não me lembro mais qual era exatamente. Se alguém souber avisa que eu faço um update.

9 mil comentários:

Luzimar

entendi...
vc é muito inteligente, parabens :)

Danyzzinha

adorei! muito bom mesmo!

Franardes

hauhauahua adorei

Administrador

A linha de raciocínio platônica aliada a delicadeza inocente e infantil do Maurício deram uma liga muito boa!
Essa "escolinha" concentra muita gente fera....

giulia

Muito bom! o Mito da Caverna apresentado de uma forma muito inteligente pelo Maurício. Muito bom mesmo.

Lais Santiago

hahahaha Genial!
Nossa, passei boa parte do semestre passado no curso fazendo análise desse Mito... coisa de matérias iniciais como metodologia (buáaa) e afins. Queria ter visto essa antes! hahaha muito muito boa.
Adoro o blog! :)

Jacqueline

Adorei!!! Perfect!!

Lila

Platão afirmava a existência de um mundo espiritual das idéias e um mundo de aparências.Essas idéias deveriam ter um certo grau de realidade.A alma, antes de encarnar,de certo modo, já havia travado conhecimento com esse mundo das idéias Quem não tinha essa percepçao vivia como que numa caverna, onde o conhecimento se faz por meio de sombras, apenas.O homem , durante sua vida, percebe coisas distintas e reconhece nelas aquilo que têm em comum, porque já tem uma recordação avivada( seria esse o termo? )pela idéia preexistente.A teoria de Sócrates já dizia que aprender é recordar.Há discordâncias, mas a influência dessa teoria no pensamento ocidental cristão foi muito grande.O homem educou-se, saiu das sombras para aprender a ver a vida em toda sua plenitude ,aprendeu renovadas tecnologias mas(há sempre um mas rs)continua a ver a vida através das sombras.Escravo da modernidade? Possivelmente.Eu penso que sim,pois estou aqui falando de Platão e Sócrates diante de um notebook, com amigos virtuais.Deveria estar dialogando numa praça,ou sentada na calçada, ou numa escola...com amigos que pudesse abraçar, rir, beijar. Continuo numa caverna, olhando as sombras projetadas numa parede . Muito mais cheia de aparatos, é certo,as sombras são bem definidas, têm cores, movimentos perfeitos.Mas, uma parede sim. Estou na minha caverna, preciso transpor essa parede e sair para ver a vida!
Pedro, fui prolixa, desculpe-me. Mas a parede e as sombras não me pediram pra parar.rs Emudeceram!Beijos. Fique bem.

Lila

Comentário feito por Lila(@sexygenarian)

Dí lo que piensas...

Pesquise no Google

Pesquisa personalizada